Vigilância Epidemiológica divulga boletim da gripe em Santa Catarina

0
234
Portal Garagem – Em breve

O boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica confirma 147 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em Santa Catarina, de janeiro até o dia 08 deste mês. Destes, 15 (10,3%) foram confirmados para Influenza, sendo um (6,7%) pelo vírus Influenza A (H1N1)pdm09, 12 (80,0%) pelo vírus A (H3N2), um (6,7%) estão aguardando subtipagem para identificação do tipo de vírus influenza A e um (6,7%) pelo vírus influenza B. Outros 103 (70,1%) casos de SRAG tiveram resultado negativo para influenza A e B (SRAG não especificada), um (0.7%) SRAG por outro vírus respiratório e 28 (19,0%) casos se encontram em investigação, aguardando confirmação laboratorial.

Os municípios que apresentaram casos confirmados de SRAG pelo vírus Influenza foram: Blumenau (2 casos), Florianópolis (2 casos), Sangão (2 casos), Balneário Camboriú (1 caso), Chapecó (1 caso),Imbituba (1 caso), Itajaí (1 caso), Lages (1 caso), Mafra (1 caso), Palhoça (1 caso),e Tunápolis (1 caso), e um caso residente no estado do Paraná. Em relação àidade, os casos de SRAG confirmados por influenza, acometeram indivíduos nas faixas etárias: <2 anos (um caso), de 20 a 29 (um caso), de 30 a 39 (quatro casos), de 40 a 49 (dois casos), de 50 a 59 (quatro casos) e acima de 60 anos (três casos).

Dos quinze casos de SRAG confirmados como influenza, nove apresentaram algum fator de risco associado, treze evoluíram para a cura e 2 (dois) óbitos. Somente 1 (um)paciente não fez uso do antiviral Oseltamivir(Tamiflu) equatorze fizeram uso de antiviral em até cinco dias após o início dos sintomas de síndrome gripal (febre, tosse ou dor de garganta e, pelo menos, mais um dos sintomas: mialgia, cefaleia ou artralgia).