Pesquisa sobre cesto básico ampliará disponibilidade de dados socioeconômicos

0
196
Portal Garagem – Em breve

Chapecó- Uma pesquisa que utiliza metodologia atualizada, para indicar dados sobre o cesto de produtos básicos, foi lançada através de iniciativa conjunta entre o Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom) e a Unochapecó.

O presidente do Sicom, Marcos Antonio Barbieri, considera que a entidade e a Unochapecó juntam forças para ter dados mais sólidos sobre a oscilação de preços. Acrescentou que as instituições e as empresas precisam de dados consistentes para facilitar a tomada de decisões. Para o empresário, é fundamental a disponibilidade de dados pertinentes à região e para que o sindicato, as empresas, os consumidores e a própria universidade não fiquem à mercê de informações de âmbito nacional.

Para o reitor da Unochapecó, Cláudio Alcides Jacoski, a iniciativa faz parte da política da universidade de aproximação com a iniciativa privada. Assinalou que as informações levantadas permitem constituir uma organização de dados de amplo interesse social. Além disso, anunciou que a pesquisa apresentada levará a outras ações conjuntas centradas em um observatório socioeconômico, para atender necessidades das empresas e ser um elemento de informação para a população.

Ao apresentarem a pesquisa, o vice-reitor de Planejamento e Desenvolvimento e professor do curso de Economia da Unochapecó, Márcio da Paixão Rodrigues, e o diretor Executivo do Sicom, Eduardo José Perone, destacaram que a iniciativa resulta de discussões e de metodologia que foi organizada nos últimos cinco anos. Indicaram que o levantamento compreende o cesto básico constituído de 57 itens e a cesta básica de 13 produtos, é realizado mensalmente em dez locais da cidade e será divulgado até o 15º dia do mês seguinte.

O professor Márcio enfatizou que “a pesquisa conjunta unifica potenciais e futuramente serão constituídos índices de confiança do consumidor e do empresário, juntamente com dados relativos a empregos na região”. Já o diretor Executivo do Sicom lembrou que a entidade constituiu em 2012 a Divisão de Pesquisa e Estatística, para o levantamento de dados de interesse das empresas. Perone destacou que, agora, através de uma metodologia nova são organizados melhor os dados do cesto e da cesta básica. (Extra Comunica)