Passos Maia registra 29 casos de violência sexual infantojuvenil em 2017

0
397
Portal Garagem – Em breve

Passos Maia- O Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado nesta quinta-feira, 18 de maio, e, conforme levantamento do Conselho Tutelar, 29 casos relacionados à violência sexual infantojuvenil foram registrados entre janeiro a abril deste ano, em Passos Maia.

Do total, 13 casos tiveram a confirmação de conjunção carnal. Outros 16 foram mais leves, como passar a mão em partes íntimas da vítima, mas também se enquadram como abuso. Ainda segundo o Conselho Tutelar do município, as crianças abusadas têm entre oito e 14 anos.

A responsável pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Passos Maia, Giovana Votcoski, alerta que os casos de violência sexual envolvendo crianças e adolescente geralmente ocorrem dentro das próprias famílias, ou com pessoas bem próximas a elas. “A gente busca despertar o alerta, porque na maioria das vezes o abuso acontece dentro da própria casa”, reforça Giovana.

Como denunciar

Há várias formas de denunciar qualquer suspeita às autoridades. Uma delas é o Disque 100, disponível em todo o País. O denunciante também pode manter contato com o Conselho Tutelar ou o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. As Polícias Civil e Militar também são canais que podem servir para as denúncias, além do Ministério Público.

Programação alusiva à data

Em Passos Maia, uma semana cheia de atividades foi planejada para marcar a passagem da data. A programação é coordenada pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social do município, com profissionais do Cras e do Conselho Tutelar envolvidos. Na segunda-feira (15), as primeiras palestras aconteceram na Escola Nossa Senhora Aparecida, no Assentamento Zumbi dos Palmares, a alunos até o quinto ano.

Estudantes da Escola Duque de Caxias, na Linha Indumel, receberam as orientações na terça-feira (16), junto com a entrega de um material informativo sobre o tema. O assunto também foi abordado com estudantes da Escola Professora Coralia Gevaerd Olinnger.

Hoje, dia 18, uma blitz de trânsito está prevista para a distribuição de panfletos com orientações, a partir das 14 horas, na Praça Municipal.

A secretária Giovana Votcoski classifica a faixa etária dos alunos que assistiram às palestras nas escolas como vital para trabalhar o assunto. “É nessa fase que a criança está descobrindo o que é certo e errado. Nessa fase ela não tem a malícia, muitas vezes não sabe diferenciar o carinho saudável do familiar”.