Prefeitos da Amai participam de audiência com o ministro Kassab

0
206
Portal Garagem – Em breve

Os prefeitos da Associação dos Municípios do Alto Irani (Amai) que estão em Brasília, participando da 20ª Marcha dos Prefeitos, foram recebido na terça-feira (16) para uma audiência pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilberto Kassab.

Estiveram presentes o prefeito de Xaxim e presidente da Amai, Lírio Dagort, o prefeito de Ponte Serrada e 1º vice-presidente da Amai, Alceu Wrubel (Tibe), além dos prefeitos de Entre Rios, Jurandi Dellosbel e de Lajeado Grande, Noeli Dal Magro. Também acompanhou o encontro a prefeita de São José e presidente da Fecam, Adeliana Dal Pont e o deputado Federal, João Rodrigues.

O presidente da Amai, Lírio Dagort, questionou o ministro sobre a operacionalização do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) que foi lançado em março.

Kassab informou que os testes realizados até agora foram positivos e que provavelmente em agosto estará em pleno funcionamento.

Lírio comenta que o pleno funcionamento do Satélite oportunizará a oferta de banda larga em todo o território dos municípios. “É um grande avanço principalmente para os nossos municípios, na verdade para todo o Brasil, onde ainda temos pouca distribuição do sinal de internet e às vezes com má qualidade”, salienta o Presidente.

Tibe enfatiza que em breve todos serão atendidos com uma tecnologia de alta qualidade na cidade e principalmente no interior, onde em muitas comunidades a internet ainda não chegou. Ele diz ainda que de acordo com as informações recebidas haverão diversas torres a serem instaladas no interior que irão funcionar como como um receptor de sinal de TV, por exemplo e posteriormente será realizada a distribuição do sinal.

Com investimentos na ordem de R$ 2,1 bilhões, o SGDC será operado por dois centros de controle, sendo um em Brasília e outro no Rio de Janeiro. Também há outros cinco gateways –– estações terrestres com equipamentos que fazem o tráfego de dados do satélite –– que serão instalados em Brasília, Rio de Janeiro, Florianópolis (SC), Campo Grande (MS) e Salvador (BA).