Manifestação dos sentimentos é trabalhada em oficina na Apae

0
1320
Portal Garagem – Em breve

Xanxerê- Os alunos da Apae de Xanxerê das turmas de oficinas e Autodefensoria estão participando de um projeto que os auxilia a expressar e aliviar tensões e emoções, como ansiedade, insegurança, agressividade e apatia, de uma forma assertiva, ou seja, socialmente aceita.

O Projeto Conviver vem ao encontro do objetivo da Autodefensoria, que é um movimento apaeano em prol da autonomia da pessoa com deficiência intelectual e múltipla, contribuindo para uma sociedade baseada no respeito à dignidade humana, com vistas à inclusão social e a promoção de qualidade de vida, e principalmente afastando os estigmas e preconceitos que por muito tempo orientaram a opinião pública acerca da pessoa com deficiência e determinaram muitas atitudes protecionistas e excludentes, impedindo os indivíduos de assumirem suas próprias vidas.

O trabalho consiste no acompanhamento psicológico, fonoaudiológico em grupo e equipe pedagógica, com a coordenação local da Autodefensoria, permitindo à pessoa com deficiência intelectual um maior desenvolvimento, conduzindo o aluno a um relacionamento social mais amplo, nos diferentes espaços em que este estiver inserido, facilitando a realização de atividades diárias, a autonomia e a expressão verbal.

O objetivo do Projeto é permitir aos alunos a manifestação de sentimentos e dificuldades, contemplando a prática da cidadania, em que a pessoa com deficiência é vislumbrada pelo seu potencial e suas aptidões, contribuindo para a expansão social, afetiva e cognitiva da pessoa com deficiência intelectual, possibilitando o desenvolvimento de um processo participativo, solidário e menos excludente.

Os encontros com cada grupo ocorrem nas sextas-feiras, a cada quinze dias, e a avaliação ocorre de forma coletiva, com a participação dos grupos. Os alunos se posicionam sobre os pontos positivos e negativos dos projetos, através de relatos e outras atividades em sala de aula.