Portal Garagem – Em breve

Marema- A produção de vinhos coloniais faz parte da cultura de muitas famílias. Em Marema a tradição está sendo aperfeiçoada. Produtores estão sendo capacitados através de uma parceria entre a Prefeitura, Secretaria Municipal de Agricultura, Sebrae e Epagri. As orientações estão sendo repassadas pelo enólogo Fábio Ecco.

De acordo com a extensionista da Epagri, Dulce Cenci, são cerca de 18 famílias inscritas no projeto. Os principais vinhos produzidos em Marema são das variedades de uva bordô, Isabel (tinto) e Niágara branco. A fruta, em sua maioria é adquirida da serra gaúcha e região catarinense de Videira e Pinheiro Preto. “O foco do trabalho, que iniciou com curso teórico e segue com orientações do enólogo nas propriedades, à princípio é para produção para autoconsumo, ou seja, vinhos com qualidade para serem consumidos pelas próprias famílias”.

Dulce explica que os produtores aprenderam sobre as boas práticas de produção, especialmente quanto a higienização do manipulador, do local de produção, vasilhames e utensílios. Eles foram capacitados sobre a qualidade da uva a ser transformada em vinhos, os processos de moagem, medição de graduação e correção de açúcares, trasfegas e o uso correto de insumos produtivos, como leveduras e enzimas, que otimizam a fermentação e fazem a retirada de princípios ativos não desejáveis do mosto. E ainda, foram orientados sobre a armazenagem e conservação do produto finalizado,” finaliza.