Portal Garagem – Em breve

Os atendimentos serão toda quarta e sexta-feira, das 9h às 19 horas e os encaminhamentos são através da unidade de saúde

Xanxerê- A médica pediatra Ana Lucia Lago, contratada pela Secretaria Municipal de Saúde para a Rede de Atenção Básica, iniciou os atendimentos na manhã desta quarta-feira (30). Serão 150 consultadas mensais, para atender a demanda do município nesta especialidade, uma importante conquista para a comunidade. As consultas serão toda quarta e sexta-feira, das 9h às 19 horas, no Pronto Atendimento Municipal.

A secretária Municipal de Saúde, Irene Goralski, recepcionou a médica pediatra, desejando sucesso nos atendimentos. “Este é mais um passo importante para a Secretaria Municipal de Saúde. Todas as demandas das unidades de saúde passam a ser atendidas aqui no Pronto Atendimento Municipal.  Agora, o paciente é atendido no posto de seu bairro, recebe o encaminhamento para consulta com pediatra, é passado para o agendamento, onde é feita a regulação e aguarda a data da consulta”, explica a secretária. Anteriormente as crianças eram encaminhadas a Chapecó, para as consultas.

A médica comenta que a expectativa de atender em Xanxerê é grande, especialmente pela necessidade de oferecer a comunidade consultas de pediatria. A Secretaria Municipal de Saúde vai preparar, no Pronto Atendimento Municipal, o ambulatório pediátrico com estrutura infantil para melhor acomodação dos pacientes.

Primeiras consultas

A espera para a primeira consulta com a pediatra estava Sandra Mara DalCortiza, moradora do Bairro Santa Cruz, e atendida no Vista Alegre. Ela é mãe de dois meninos: Henrique, de nove anos e, Natanael, de três. Segundo ela, há cerca de dois anos aguardava pela consulta com pediatra e hoje comemora. “Fui no posto com eles, há muito tempo e estava esperando. Hoje já estou com eles para a consulta é muito importante, porque para as crianças eles precisam de atendimento especializado”, comenta.

A mãe de Miguel, Saionara Camargo, relata que o bebê de cinco meses tem refluxo e precisa de atendimento especializado. “Desde que ele nasceu eu fui marcar a consulta e agora conseguimos. Estou achando ótimo porque quando é nosso filho, a gente sempre se preocupa, que para eles o atendimento e até o remédio precisa ser especial”, finaliza.