Portal Garagem – Em breve

Faxinal dos Guedes – As soberanas da Exposoja 2019, juntamente com diversos membros da CCO, estiveram abrilhantando a cerimônia em comemoração aos 40 anos da Associação dos Municípios do Alto Irani (Amai). O evento aconteceu, na noite desta sexta-feira (8), no Centro de Cultura e Eventos de Faxinal dos Guedes e reuniu cerca de 300 pessoas entre homenageados, familiares, prefeitos, deputados estaduais, deputados federais e diversas autoridades da região.

A rainha Carolina Costa e as princesas Andreia de Freitas e Sara Alana Paes assistiram a solenidade junto ao público e tiraram várias fotos com os convidados. Elas também entregaram material de divulgação da Exposoja convidando a todos para prestigiar a feira que vai acontecer de 4 a 7 de abril, no Parque de Exposições de Abelardo Luz.
Durante o evento comemorativo foram homenageados os fundadores e prefeitos que presidiram a associação ao longo dos seus 40 anos de história, entre eles os ex-prefeitos de Abelardo Luz, Arno de Andrade (in memorian), Valdir Sgarbossa, Orides Dalben, João Marques Rosa e Dilmar Antonio Fantinelli. Todos receberam a comenda do Mérito Municipalista “Amai 40 Anos” por terem contribuído com o fortalecimento da entidade.
Também tomou posse durante a cerimônia a nova presidente da AMAI a prefeita de São Domingos, Eliéze Comachio, a primeira mulher a presidir a associação. Ela assume o lugar deixado pelo prefeito de Marema Adilson Barela.
O prefeito de Abelardo Luz Wilamir Cavassini fez parte da tribuna de honra junto com outras autoridades homenageadas e enalteceu o trabalho que é realizado pela AMAI junto aos 14 municípios da região.
“A AMAI é uma união de municípios que deu muito certo cujo associativismo é muito forte. Esse trabalho que é realizado junto com cada município, dando todo o suporte técnico com profissionais de várias áreas altamente qualificados, com certeza é o que tem ajudado e muito os municípios na busca pelas melhorias dos serviços e da gestão pública. Hoje pensar no crescimento municípios sem os serviços da AMAI é difícil pois ela atua em várias áreas em que a prefeitura talvez por conta própria não teria condições de executar ou teria que investir mais recursos financeiros para fazer acontecer. Esse é o caminho do associativismo é que devemos seguir, trabalhando em conjunto, somando forças, diluindo custos aos cofres públicos e sempre procurando melhorar a qualidade dos serviços. Só temos que agradecer e reconhecer a todos que se dedicaram na construção desta história de 40 anos que é com certeza a história do desenvolvimento de toda a nossa região”, enfatizou Cavassini.