Portal Garagem – Em breve

Registro é obrigatório e quem ainda não o fez pode ter o benefício suspenso a partir de abril

Passos Maia – A Secretaria de Desenvolvimento Social de Passos Maia lembra que as pessoas que ainda não fizeram a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal precisam ficar atentas aos prazos. O registro é obrigatório. Quem ainda não fez o cadastro pode ter o benefício suspenso a partir de abril.

Responsável pela realização do procedimento em Passos Maia, Danieli Lemes da Silva Brugnarotto reforça que o cadastro deve ser feito por beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) — idosos acima de 65 anos e deficientes. “Caso não compareçam, vai ser cancelado o BPC”, alerta, com a pessoa sujeita a enfrentar uma série de burocracia para conseguir novamente o benefício.

“Mesmo quem já fez, se tiver alguma dúvida e quiser passar para ver se está tudo certo, pode vir que a gente vai estar aqui”, acrescenta Danieli, indicando aos beneficiários que procurem por informações no Cras do município em caso de qualquer dúvida.

Em todo o Brasil, mais de 1,3 milhão de pessoas que recebem o BPC ainda não fizeram a inscrição no Cadastro Único. O Ministério da Cidadania estabeleceu um calendário para inscrição de acordo com o dia do aniversário de cada beneficiário.

Para se inscrever é necessário ter em mãos o CPF e um comprovante de residência. A inscrição também pode ser feita pelo responsável familiar, contanto que leve os documentos de todas as pessoas que moram com o beneficiário.

O BPC tem o valor de um salário mínimo e é pago mensalmente a idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência que possuem renda familiar de até R$ 238.

Deixe um comentário