Apae realiza palestras de prevenção à deficiência

0
981
Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

Xanxerê- A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais-Apae de Xanxerê / Escola Especial Helena Adams Keller está realizando palestras nas escolas do município para alunos, pais e professores com o objetivo de prevenir problemas de saúde ligados às deficiências físicas e mentais.

A ação faz parte do programa Prevenção à Deficiência e as palestras abordam temas como os cuidados que devem ser tomados antes da gravidez, vacinas necessárias, pré-natal, casamentos entre parentes, auto medicação, consumo de bebidas alcoólicas, tabaco, drogas ilícitas, informações após o nascimento como os testes preventivos a criança (“teste do pezinho”, Apgar, “teste da orelhinha” e “teste do olhinho” e outros) e um apanhado geral do desenvolvimento motor e cognitivo de uma criança normal.

De acordo com a fisioterapeuta Lilian Cristina Mazutti, que realiza as palestras nas escolas, o adolescente deve ser orientado sobre a complexidade de uma gravidez precoce. “Fazemos as palestras nas escolas, falando com as crianças e adolescentes, porque os números de casos de gravidez precoce é muito alto. O ideal seria evitar a gravidez precoce, mas se não é possível, é melhor que se faça a orientação para evitar problemas maiores. Se esses meninos e meninas estiverem bem orientados sobre os cuidados necessários antes, durante e depois de uma gravidez, o risco de acontecerem problemas na gestação e com o bebê é muito menor.”

Junto com a palestra é distribuída uma cartilha com dicas para prevenir a deficiência, que englobam desde o período pré-concepcional, ou pré gravidez, até o pós-natal ou período após o nascimento. Neste trabalho também é feita uma abordagem dos cuidados necessários com o desenvolvimento da criança nos seus primeiros anos de vida.

Segundo a assistente social Daiane Triaca, já foram realizadas palestras em três escolas. “Estivemos em três escolas com a palestra feita pela fisioterapeuta Lilian: no Dom Oscar Arnulfo Romero, no Colégio Farrapo e na Escola Augusto Colatto. Estamos em contato com algumas escolas para ofertar o trabalho, mas também é importante ressaltar que se alguma escola, pública ou provada, tiver interesse, pode entrar em contato conosco pelo telefone 3433-1000”.