Xanxerense se destaca na 2ª etapa do Circuito Oeste de Corridas de Rua em Xaxim

0
1844
Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

Xanxerê- A xanxerense Jusara Maria Borges dos Santos  participou no último domingo (18) da 2ª etapa do Circuito Oeste de Corridas de Rua, com percurso de 7 km, realizada em Xaxim, e conquistou o primeiro lugar na categoria 45 a 49 anos. Somente neste ano já foram sete participações em corridas de municípios como Concórdia, Chapecó, Mondai, Itapoá e Xaxim, sempre com boas colocações.

Na sua rotina diária, a atleta xanxerense corre em média três vezes por semana, sempre com o objetivo de se auto desafiar. “Eu contra eu mesma. Quero bater o meu tempo, mas tenho que considerar o local porque cada lugar é um tipo de pista, alguns com aclive, outros com declive. Tudo deve ser considerado”, explica a corredora, que ainda define, “a corrida é o meu desestresse, minha válvula de escape”. Jussara é escrivã de Polícia e pratica o esporte como atleta amadora há mais de dez anos.

Jusara, que membro da Associação dos Corredores de Rua de Xanxerê (Acorxan), considera a corrida apaixonante e um esporte democrático. “Você correr onde quiser, com quem quiser, quando quiser e é de graça”. Ainda para este ano, ela planeja participar de mais alguns circuitos em Mondai, o do Sesi e, no próximo fim de semana, em Descanso. Para manter o ritmo, a atleta, além de correr, faz musculação três vezes por semana e Pilates, duas vezes. “Em geral, corro 10km, mas os circuitos são todos de sete”, explica.

Benefícios e cuidados da corrida                      

A médica traumatologista e ortopedista, Aira Brandelero, também adepta das corridas e membro da Acorxan, reafirma que a corrida é um esporte democrático porque qualquer pessoa, em qualquer idade, pode praticar desde que esteja gozando de boa saúde e equipada com tênis confortável e apropriado para o esporte e roupas leves e adequadas. “O principal cuidado é a pessoa fazer uma avaliação cardiológica para saber se está tudo bem com seu coração e seus pulmões, e não tendo nenhum problema musculoesquelético, ou problema articular ou artrose, pode correr!”, diz ela.

Os benefícios do esporte são a melhora da resistência cardiopulmonar, da musculatura e da saúde em geral. “Outro benefício é a melhora do humor. Depois da corrida, o corredor sente uma alegria, uma grande sensação de bem estar”, complementa. Para conquistar um bom condicionamento, considerando que para cada pessoa existe um conceito individual do que é bom condicionamento, o indicado é correr três vezes por semana, sempre respeitando o tempo de descanso da musculatura, ou seja, se correr hoje, amanhã precisa descansar.

Antes das corridas, o indicado pela médica é a realização de alongamento e aquecimento das articulações, principalmente dos membros inferiores. “O atleta que vai correr longas distâncias, como forma de aquecimento poderá iniciar o percurso correndo lentamente e após sentir que está preparado, aumentar o ritmo”, sugere.

A médica lembra que além de roupa e tênis adequados, o corredor deve usar bloqueador solar e óculos próprio para corrida e, para percursos maiores do que 10 km, procurar fazer a hidratação do corpo. Também é importante ter o cuidado de se alimentar pelo menos uma hora antes do início da atividade física para evitar mal estar e vômitos durante a corrida. Para os atleta que preferem praticar a corrida no período noturno, os cuidados são com os buracos das ruas e calçadas, para evitar entorses e quedas. “E, em qualquer horário, cuidar os cachorros que ficam soltos na rua, um dos maiores inimigos dos corredores”.

Logo após a corrida, o indicado é aguardar cerca de dez minutos para complementar a hidratação do corpo e fazer a ingestão de carboidratos, para repor a energia gasta.