Executivo pede adiamento de votação de projetos que tratam da remuneração de servidores

0
628

Xanxerê- Na sessão desta segunda-feira (21), que contou com a presença de vários servidores na plateia, o vereador líder do governo, Arnaldo Lovatel, pediu a suspensão, pelo período de 15 dias, do Projeto de Lei do Executivo, que “Institui gratificação mensal para os coordenadores das Unidades de Saúde, programas sociais e motoristas do transporte escolar do município de Xanxerê, e dá outras providências”, e entraria em segunda votação.

Em reunião com os vereadores, o secretário de Administração Jader Danielli e a controladora interna da Prefeitura, Andressa Gallas, pediram a suspensão temporária da votação, para aguardar o fechamento do segundo quadrimestre.

Na avaliação do vereador Wilson Martins dos Santos, não houve atenção e estudo prévio por parte do Executivo, para avaliar se os projetos que significariam aumento de despesas não afetariam a continuidade da execução do orçamento deste e do próximo ano.

Lovatel também fez requerimento para suspensão do Projeto de Lei nº AM 41/2017 do Executivo que “Institui gratificação mensal para os membros titulares das Comissões de Procedimento Administrativo Disciplinar – PAD, Licitações e Pregoeiros do Poder Executivo, e dá outras providências”, que entraria em segunda votação, e o Projeto de Lei Complementar nº AM 17/2017 que “Dispõe sobre a criação e alteração de classes no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos servidores públicos municipais, e dá outras providências”, que seria analisado em primeira votação. Os vereadores aprovaram o adiamento dos três Projetos de Lei.