Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

Xanxerê- A Administração Municipal de Xanxerê está elaborando uma lista de funcionários em cargos comissionados que deverão ser exonerados até a próxima sexta-feira, dia 22 de setembro.

Segundo informações obtidas na própria prefeitura, cerca de quatro funcionários já foram desligados e existe uma relação de nomes com o prefeito, que está estudando quais farão parte do decreto de exoneração.

O vereador Wilson Martins dos Santos publicou em sua página na internet e compartilhou na rede social Facebook que a medida está sendo adotada porque as contratações aconteceram de forma irregular e que, inclusive, efetuou denúncia junto ao Ministério Público. De acordo com a publicação do vereador, “desde o ano passado, com a queda de arrecadação e o inchaço na máquina pública, o município vem extrapolando o limite prudencial do orçamento com a folha de pagamento. Principalmente pela contratação em excesso de servidores comissionados. O Art. 22 da Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe qualquer admissão e contratação de pessoal quando a folha ultrapassar o limite prudencial de 51,3%”.

O secretário municipal de Administração e Finanças, Jader Danielli informou que além destas, outras medidas serão tomadas, mas para adequar os gastos à realidade orçamentária atual do município. “Estamos elaborando um decreto, que deve ser publicado até o fim da semana, que estabelece medidas para redução e otimização das despesas. No edital, quanto ao quadro de pessoal, ocorrerá a exoneração de alguns cargos comissionados, entre outras medidas que estão sendo editadas. A medida ocorre por conta da queda na arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios-FPM e para que esteja em equilíbrio o índice da folha de pagamento. A ação gera desconforto, mas é necessária para que inicie 2018 com melhores estimativas na arrecadação”.