Portal Garagem – Em breve

A evolução tecnológica afeta diretamente o comportamento das pessoas em todos os sentidos e a forma como o consumidor se relaciona com o mercado vem sofrendo grandes alterações ao longo dos anos. A chegada da internet e o acesso fácil aos aparelhos têm facilitado o relacionamento dos consumidores com o mundo digital e criado uma tendência que, na opinião de Marcelo Peruzzo, PhD em Business Administration, palestrante, consultor e professor da FGV Management, as compras online, o investimento em marketing digital e a neurociência aplicada à gestão são algumas das principais tendências para ter sucesso nos negócios em 2018 e nos próximos anos.

Ainda segundo Peruzzo, essas tendências estão mudando o padrão de consumo e o comportamento das marcas. A internet permitiu às pessoas descobrirem de maneira quase instantânea o modo mais rápido e simples de conquistarem o que desejam. “Não tenha dúvida alguma que o consumo de produtos e serviços pela internet é que vai ditar a regra, essencial através de aplicativos mobile. É uma migração lenta e inevitável. Todo varejista deveria aceitar o fato que não utilizar ferramentas de marketing digital para o seu varejo tradicional, é condenar o futuro do seu empreendimento. Minha dica é se aprimorar o mais rápido possível nas estratégias e ferramentas de inbound marketing e, com humildade, se tiver dificuldade, contratar alguém que possa auxiliá-lo.”

Para Peruzzo o grande desafio dos empresários para os próximos anos é estar mais próximos dos consumidores e aprender a lidar com as ferramentas de marketing que permitam entender esse novo modelo de consumidor. As redes sociais também devem ser amplamente utilizadas para identificar o perfil do consumidor. “As pesquisas tradicionais de marketing não funcionam mais. É necessário um envolvimento muito mais próximo e amplo com o consumidor, utilizando alta tecnologia como sistema de Customer Relationship Management (CRM) e Inteligência Artificial (IA). Os consumidores deixam milhões de rastros nas redes sociais e os empresários que sabem minerar estas informações estão e estarão na frente do mercado.”

É preciso estar preparado

Peruzzo considera que não basta o empresário estar preparado para essa mudança tem que capacitar a sua equipe, desenvolver uma equipe multidisciplinar e preparada para a economia digital. O mercado está cada vez mais dinâmico e se as empresas não estiverem preparadas para esse movimento poderão sucumbir. “Basta utilizar algoritmos poderosos de neurovendas para entender o movimento do mercado. Em menos de 24 horas uma empresa pode deixar de existir e outra, de forma explosiva, entra no mercado de maneira extremamente competitiva. O mercado está em constante movimento. Antes de iniciar o seu negócio formalmente, faça um teste de mercado estimulando o seu produto no mercado para diversos públicos. É uma forma eficaz de entender a aderência do seu produto ou serviço, sem investir pesado na construção de uma solução, para depois ver o que acontece. O marketing digital permite isso, testar antes de lançar”, reforça Peruzzo.

O grande alerta que o professor traz para os empresários é aceitar a mudança e transformar em vantagem competitiva. Insistir nos conceitos antigos e se apegar ao tangível e físico, tornam-se a fórmula para que a empresa que viveu anos de glória tenha passos largos à falência. Para Peruzzo os empresários da nova geração, como das startups, já estão preparados para a nova tendência do mercado, infelizmente os empresários com o modelo mental do século passado tendem a criar barreiras para o novo, com um sentimento de que seu tempo e trabalho foram perdidos.  “Entenda desta forma: tudo que você fez levou você até aqui. Parabéns. Mas o mundo mudou, e não é demérito nenhum aprender e aceitar o novo, pelo contrário, demonstra que o empresário sabe inovar, é rápido e adaptado a nova economia. Simplesmente é a tecnologia que demandará as soluções mercadológicas agora e sempre. Volto a repetir, invista o que puder em alta tecnologia com sua equipe, principalmente de marketing e estratégia”.

Foto: Raquel Brepohl