O Facebook perdeu exclusividade nos jogos da Libertadores

0
234
Portal Garagem – Em breve

A rede social Facebook perdeu a exclusividade dos direitos de transmissão das partidas da Libertadores às quintas-feiras. De acordo com o site argentino Olé, a informação vazou nesta sexta-feira (22) após um repórter do Fox Sports anunciar que o canal também irá transmitir simultaneamente os jogos que seriam apenas da rede social — as transmissões já são feitas com as equipes da emissora esportiva.

O motivo foi a má qualidade técnica das transmissões dos jogos, que deixou internautas irritados.

A solução aplicada será a transmissão simultânea das partidas de quinta-feira com uma emissora de TV. É bastante provável que o Brasil siga o resto da América Latina e as partidas sejam compartilhadas com o canal por assinatura Fox Sports.

Os jogos de Cruzeiro e Atlético-PR na competição que aconteceram às quintas-feiras foram transmitidos pela página oficial da Conmebol no Facebook. A empresa de mídia social também havia aberto a possibilidade de os clubes exibirem as partidas das quais participassem ao vivo nas suas páginas na mídia social.

Nos seis jogos da fase de grupos exibidos até aqui, a entidade recebeu muitas críticas em relação à instabilidade do serviço e, ainda, baixa audiência.

O Facebook havia garantido um dos quatro pacotes de transmissão da Libertadores oferecidos pela Conmebol, o dos jogos de quinta-feira. As partidas de terça e quarta são exibidas pela TV aberta, pela Globo, ou na TV por assinatura, pelo SporTV ou Fox Sports.

Segundo o UOL Esporte, a Conmebol terá de pagar um tipo de indenização ao Facebook, que seguirá mostrando as partidas, mas não mais de forma exclusiva. Ao mesmo tempo, o Fox Sports também terá de pagar pelo conteúdo extra que entrará em sua grade.

Ao todo, no Brasil, o Facebook mostraria 27 jogos exclusivos. No restante do continente, a plataforma também teria direito a jogos das oitavas e quartas de final da competição.

Os administradores do Facebook, da Fox e da Conmebol ainda não se manifestaram oficialmente a respeito.