Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

Chapecó- De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (Peic), o total de famílias chapecoenses com compromissos parcelados registrou aumento neste mês. Isso é o que mostra levantamento realizado pelo Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom) e pela Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio/SC). O índice de endividamento passou em setembro para 51,9%, ante 47,3% registrados em agosto. Há 12 meses, em setembro do ano passado, o índice de endividamento foi de 39,5%.

Possuem contas em atraso 16,8% das famílias e 7,9% dizem não ter condições de fazer o pagamento. A Divisão de Pesquisa e Estatística do Sicom indica, quanto ao tempo de pagamento das dívidas em atraso, que 44,3% levarão acima de 90 dias, 33,4% de 30 a 90 dias e 22,3% até 30 dias. Quanto às condições de pagamento das contas em atraso, entre as famílias endividadas, 47% especificam não ter possibilidade e 41,9% poderão pagar totalmente.

Comprometimento com dívidas

Na pesquisa para a formação da Peic de setembro, 55,3% dos entrevistados afirmaram estar comprometidos com suas dívidas por mais de um ano. Outros 11,1% dizem que vão levar até três meses para pagar as contas.

As dívidas estão relacionadas a carnês, conforme 74,1% dos entrevistados, e para outros 51% as contas são motivadas pelo cartão de crédito. De acordo com o Sicom Pesquisas, 24% possuem débitos devido ao crédito pessoal. (Extra Comunica)