Falta de chuvas compromete abastecimento de água na região

0
113
Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

A falta de chuva no Oeste catarinense causa preocupação para os produtores rurais. Os períodos de estiagem se estenderam além do previsto e as safras de soja e milho podem ter prejuízos.

Outro setor afetado pela estiagem é a produção de leite, em que a alimentação do gado é feita com silagem e ração.

A Defesa Civil informa que a baixa precipitação pluviométrica dos últimos dias já está ocasionando a insuficiência na recarga dos mananciais, o que vem comprometendo o armazenamento de água, causando problemas ao consumo animal e humano.

O Corpo de Bombeiros tem abastecido com carros pipas alguns municípios, conforme relatório da Defesa Civil.

Em Xanxerê a Defesa Civil Municipal está monitorando e realizando o transporte de água para consumo animal com apoio do Corpo de Bombeiros. Até agora já foram conduzidos cerca de 30.000 litros para as comunidades de Bom Jardim e Linha Salete

No município de Jupiá a CASAN realiza o transporte para consumo humano e o município realiza o transporte de água para consumo animal com apoio uso de tratores e distribuidor de adubo líquido. Já foram conduzidos 632.000 litros de água no mês de dezembro e no mês de janeiro já foram 280.000 litros

Outro município afetado é São Domingos, onde a Defesa Civil Municipal está monitorando e realizando o transporte de água para consumo animal com caminhão da secretária de agricultura municipal. Foram conduzidos, até agora, cerca de 260.000 litros para as comunidades de São Mauricio e São Pedro Apostolo.

Em Ipuaçu o Corpo de Bombeiros já transportou cerca de 24.000 litros de água para consumo animal. Também foi informado que proprietários estão locando caminhões para o transporte de água para o abastecimento de aviários e chiqueirões na Linha São Cristóvão, no interior do município.

No município de Xaxim o transporte de água para consumo animal está sendo realizado com caminhão e trator da secretária de agricultura municipal. Até agora foram fornecidos cerca de 120.000 litros. As Comunidades mais afetadas são Linha Canarinho, Linha São Francisco, Linha Palaoro e Linha Antonio Prado

Fonte: Defesa Civil
Foto: Keli Camiloti