Estudo do Sebrae/SC aponta atividades econômicas potenciais em Abelardo Luz

0
71
Ferramentas de Gestão Empresarial no Excel

Abelardo Luz – Indicadores econômicos regionais e locais; potenciais nos aspectos de consumo dos moradores, das ofertas turísticas, de geração de energia, agropecuário e industrial; serviços de alto valor agregado, atividades futuras e o impacto da covid-19. Esses são alguns dos dados que integram o documento “Levantamento de Oportunidades” de Abelardo Luz, no oeste catarinense. A iniciativa faz parte do Programa Cidade Empreendedora executado pelo Sebrae/SC no município desde 2019. A apresentação dos resultados para o Governo Municipal ocorreu, nesta semana, durante reunião virtual pela plataforma Microsoft Teams.

O estudo indica aos gestores municipais, investidores e empreendedores as atividades econômicas que se configuram como oportunidades para criação de empresas de micro e pequeno porte e para a realização de investimentos de grande porte. O estudo, com mais de 300 páginas, está alicerçado em dados secundários e a metodologia utilizada parte de uma análise que busca o levantamento de dados que permitiram gerar indicadores e matrizes, que nortearam a avaliação das potencialidades e da dinâmica competitiva local.

“Com essa iniciativa é analisado o município por meio de diversos players, apresentando uma síntese de Abelardo Luz com informações gerais que auxiliarão quem deseja empreender tanto para elaborar um estudo de oportunidade quanto na tomada de decisão dentro de um interesse específico. Também detalha o potencial de consumo dos moradores, a média salarial local com o comparativo na região, o volume de pessoas ocupadas, além do recorte sobre a economia e a identificação das atividades potenciais”, explica a analista técnica do Sebrae/SC, Carolini Demeterko.

Para definição de região o estudo considera um raio de 60 quilômetros, com os municípios analisados de Abelardo Luz, Bom Jesus, Entre Rios, Faxinal do Guedes, Ipuaçu, Lajeado Grande, Ouro Verde, Passos Maia, São Domingos, Vargeão, Xanxerê e Xaxim. O documento apresenta o estudo do potencial existente, as possibilidades para impulsionar o desenvolvimento territorial e a infraestrutura da região – com análise da distância de aeroportos e portos catarinenses. Na elaboração do levantamento alguns índices foram substituídos por indicadores mais atuais, mesmo que não oficiais, para que fosse possível uma comparação com o estado atual do município.

“Abelardo Luz tem alguns índices de desenvolvimento humano considerados altos, como por exemplo saúde e educação. Em contrapartida precisa melhorar a geração de emprego e renda. Esses fatores colocam o município na 163ª posição no Estado. Na avaliação econômica as principais atividades locais são: prestação de serviços com 37,9% de participação e agropecuária com 31,3%. O município possui 14,2% da participação de micro e pequenas empesas da região (atrás de Xanxerê com 39,2% e Xaxim com 19%) e 9,2% de médias e grandes empresas”, comenta a consultora credenciada ao Sebrae/SC, Maria Gorete Hoffmann, ao complementar que o levantamento também aponta as características do mercado local e os 15 principais segmentos de oportunidades para quem deseja empreender no município.