Cadastro Foca na Notícia

O manejo e a nutrição das bezerras, entre outros fatores, são pontos determinantes para o desempenho dos animais no futuro. Os cuidados com as bezerras as tornarão boas vacas, com bastante produção de leite, saudáveis e com longevidade. Após a desmama, elas necessitam de cuidados específicos para que atinjam o seu melhor desempenho quando adultas.

Esse será o tema da palestra “Nutrição e manejo pós-desmama: como melhorar a performance e a eficiência financeira”, no dia 10 deste mês, às 15h50, com o doutor em Animal Science, João Costa, durante o painel “Gado jovem: investindo no futuro da fazenda”, no 10º Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite (SBSBL). O evento é promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) e está programado para o período de 9 a 11 de novembro, com transmissão a partir de Chapecó (SC). Paralelamente ocorrerá a 5ª Brasil Sul Milk Fair virtual.

João Costa é engenheiro agrônomo, com mestrado em etologia e bem-estar animal e doutorado em Animal Science. Atualmente, é professor assistente na Universidade do Kentucky, onde atua em programa de pesquisa e extensão focado em pecuária de leite de precisão, nutrição e bem-estar animal. O estudo do manejo e nutrição e sua influência sobre o desenvolvimento de bezerras lactantes tem sido um dos principais focos de pesquisa.

O integrante da Comissão Científica do 10º SBSBL, Selvino Giesel, salienta que os cuidados são necessários em todas as fases de vida dos animais e que em cada uma delas é necessário observar aspectos específicos. “Ter atenção em todas as etapas e seguir as orientações dos profissionais são importantes para melhorar a performance dos animais e, com isso, a eficiência financeira da propriedade. Na palestra, o doutor João Costa trará temas importantes sobre a fase pós-desmama e com certeza contribuirá com novos conhecimentos para os participantes do Simpósio”.

INSCRIÇÕES

A comercialização do segundo lote dos ingressos segue até o dia 6 de novembro, com os valores: R$ 390 para profissionais; R$ 280 para estudantes; R$ 330 para agroindústrias e órgãos públicos; e R$ 270 para universidades. Os valores serão reajustados para o terceiro lote (7 a 13 de novembro). Pacotes – a partir de dez inscrições – têm o benefício de inscrições bonificadas, cujas regras podem ser consultadas no site.

As inscrições podem ser feitas no site https://nucleovet.com.br/.

O 10º Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite tem apoio da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa, do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Embrapa Gado de Leite, do Icasa, da Prefeitura de Chapecó, do Sindicato dos Produtores Rurais de Chapecó, do Sistema FAESC/SENAR-SC, do Sindirações, da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc) e da Unochapecó.